segunda-feira, janeiro 04, 2010

Aconteceu no Titanic, Loreley McKenzie



– Oh, Gregory... – murmurou, soltando-se nos braços musculosos do amado. O rosto dela, como se em chamas, seu corpo frágil e tremulo, e o suave aroma de seus cabelos tiveram o efeito de um relâmpago sobre o desejo do rapaz. Ele queria aquela mulher! Não por um momento. Não durante a viagem. Para sempre. Como sua mulher.
Aconteceu no Titanic, Loreley McKenzie.


Sabe quando você vê um livro no sebo, imagina que deve ser bobinho, mas mesmo assim não consegue resistir e comprar. Foi exatamente o que eu fiz com esse lindo livrinho de banca. Comprei porque tinha o nome Titanic no título e uma imagem de uma garota parecida com a Rose na capa, mesmo “sabendo” que deveria ser uma cópia barata do meu amado filme de James Cameron. Comprei, guardei e me esqueci dele até o dia em que a senhorita Vivi, do Romance Gracinha, decidiu fazer uma brincadeira entre vários leitores e blogueiros: O Desafio Literário 2010. Ao fazer a minha lista, desenterrei vários livros das profundezas da minha estante e eis que o encontro novamente.

Minha experiência me diz que quem gosta de romances gostou de Titanic. Ele foi o maior filme do século, ficou meses em cartaz e revolucionou o cinema em matéria de produção cinematográfica. Mas nada disso realmente importa ao ler Aconteceu no Titanic. A beleza deste livro está em contar não apenas uma histórias, mas infinitas outras. Não consigo realmente contar quantos personagens foram abordados no livro, mas são no mínimo dez pessoas me foram apresentadas e passei a me preocupar genuinamente com seus destinos.
Temos o casal principal, Diane e Gregory. Ela, uma garota pobre que quer ganhar a vida como modista, apesar de não ter o apoio de sua família. Garota pobre sim, mas que é convidada para embarcar na primeira classe com uma famosa e excêntrica vidente para a qual sua irmã trabalha.
Gregory é bem casado, mais no lado financeiro do que no resto. Sua esposa é uma alcoólatra que se recusa a participar de qualquer tipo de tratamento, tornando a vida dos dois um inferno. Ele trabalha para o sogro numa importante empresa que está pensando em expandir os negócios para o novo mundo, Gregory é então escolhido para visitar o lugar e começar as negociações, é assim que lhe é dada sua passagem para o navio. Mas, surpresa das surpresas, ele não fica a bordo durante toda a viagem , precisa voltar na metade do trajeto pois sua esposa pôs fogo na casa de seu pai e acabou por matar os dois.
Perceberam como é diferente da história de Jack e Rose? Nenhum dos dois está na terceira classe, na verdade, nenhum dos personagens principais está. Eles não passam pelo naufrágio juntos, nenhum deles fica flutuando sobre um pedaço de madeira e pedindo para o outro voltar para ele e, principalmente, todos eles já haviam sido avisados do naufrágio pela vidente, tenham acreditado ou não.
Entre os outros personagens estão dois espiões da Scotland Yard, um casal francês que por não ter aprovação para o casamento decidem desistir de suas antigas vidas e fugir, um detetive, uma nova rica, um jogador compulsivo que está fugindo de mafiosos... Vidas que mudam antes mesmo de o navio sair de seu porto na Inglaterra.
Este livro não é o que eu esperava e isso é um elogio. Espero que vocês se deparem com ele por aí, em algum sebo, e que o comprem. Porque, se ele for tão bonzinho com vocês como foi comigo, podem se preparar para uma bela viagem.


Diane era uma moça cheia de sonhos. Gregory, um homem marcado pelo sofrimento e pela desilusão. Um dia seus caminhos se cruzam e eles se apaixonam dentro do lendário Titanic. Mas uma tragédia sem precedentes ameaça 2.227 passageiros, entre eles Gregory e Diane. Será que o amor entre os dois é forte o bastante para sobreviver ao maior naufrágio da história? Será que Madame Vesper, a misteriosa vidente russa a bordo do navio, poderá fazer alguma coisa para ajudá-los? Em um cenário que combina misticismo, premonições e personagens fascinantes, as paixões explodem com força total em um romance simplesmente arrebatador!



45 comentários:

  1. Todo mundo dia q Lorelay, q é brasileira, escreve superrrrrrrr bem! Aqui na Bahia ainda não vi nenhu mdela p vender, mas vou tentar procurar esse num sebo.


    bjs

    www.meninadabahia.com.br

    ResponderExcluir
  2. Natália,

    Nem sabia que ela era brasileira!!! Ganhou mais um ponto comigo. Ela é ótima!

    Bjinhos, Rê.

    ResponderExcluir
  3. Parece fácil de ler e interessante. Entrou pra minha (interminável e enorme) lista de leituras.

    ResponderExcluir
  4. Adorei seu comentário. Estou me surpreendendo com este desafio, e acho que vou sair dele leitora insaciável de livros de banca!

    ResponderExcluir
  5. Vica,
    fico feliz em saber que contribui pra aumentar a sua lista interminável de leituras! rs.

    Aline,
    hehehe... espero mesmo! São muito bons pra deixar a gente mais sonhadora e feliz =D

    Bjinhos, Rê.

    ResponderExcluir
  6. Rê, esse eu não conhecia. Pela sua resenha, fiquei ouriçada em lê-lo pela perspectiva diferente de um tema que se vestiu de uma estampa cinematográfica muito forte em que só de ouvir Titanic já temos gravado o filme todo na mente. E é difícil desvencilhar da sensação de "eu já vi esse filme". A autora foi corajosa ao lidar com o tema, com o certeza. Enfim, querida, parabéns por cumprir o desafio e obrigada por nos brindar com tão excelente resenha.
    Beijocas
    Vivi

    ResponderExcluir
  7. Achei interessante a história e a capa é lindaaa....adorei...se um dia eu ver ele por ai com certeza irei ler....adorei sua resenha....beijokas elis!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Vivi,
    obrigada você por me dar a oportunidade perfeita de ler esse livro. Não sei se iria fazer isso algum dia não fosse o desafio:)

    Elis,
    Eba! Que bom que você gostou. Fique atenta aos sebos, sim. O livrinho vale a pena!

    Bjinhos, Rê.

    ResponderExcluir
  9. OIe Rê...
    Nossa que coisa, eu tava na biblioteca e vi esse livro, peguei, analisei e não me chamou muito a atençao, achei que ia ser meio chato e decidi não pegar OO, mas depois dessa sua resenha com certeza vou aparecer lá e pegar para lê-lo XD...

    ResponderExcluir
  10. Kézia,
    jura??? Eba! Depois vêm aqui me dizer o que achou dele, tá?

    Bjinhos, Rê.

    ResponderExcluir
  11. Que bom, uma autora brasileira! Sempre me pareceu que eram todos "importados"! Adorei a neve caindo no seu blog...

    ResponderExcluir
  12. Adrianne,
    sinto exatamente o mesmo. E o mais legal é que eu nem sabia que ela era brasileira!

    Obrigada. Consegui o efeito aqui: http://www.noticiaeblog.com/2009/12/faca-nevar-no-blog-bloggerblogspot.html

    Bjinhos, Rê.

    ResponderExcluir
  13. Uau..parece ser muito bom mesmoo...e é legal ver outra historia de Titanic...nossa ideia fica muito ligada a Jack e Rose e existiam muitas outras historias no navio (algumas ficções, mas whatever! a gente gosta assim mesmo!! rs)
    OOOOtima resenha...nos faz querer ler...rs

    ResponderExcluir
  14. Oi Rê,

    Eu não sou fã de Titanic...não sei. Quando lembro do filme associo com aquela música que tocou muito nas rádios na voz de Celine Dion (não suporto) e da Sandy(arhg!!)
    Mas, devemos comentar o livro, vamos a ele então.
    Fiquei interessada no livro justamente porque a autora apresenta uma nova história diferente da contada na telona.
    Já ganhou ponto para mim.
    Sem contar que a sua resenha está ótima. Me deu vontade de ler o livro, mesmo sem ser fã do Titanic.
    Embora reconheça que foi uma grande produção, record de bilheteria e é, sem dúvida, um bela história de amor.
    Mas, acho que vou curtir mais Avatar (do mesmo diretor) e depois eu te falo se supera Titanic.

    Abs e até o próximo desafio.

    Rê Lima

    ResponderExcluir
  15. Laís,
    Obrigada :)
    Era exatamente esse o meu preconceito com esse livro, já estava com Titanic tão enraizado que não conseguia pensar em outra história no barco. Ainda bem que achei esse livro!

    Rê,
    Não é fã? Porque??? rsrsrs... Tô brincando, todo mundo tem o seu gosto, né?
    Que bom que vc ficou com vontade de ler! Se vc achar ele por aí, aproveita ^_^
    Ps. Estão dizendo que Avatar é só efeitos especiais sem profundidade nenhuma. Tb quero ver pra tirar as minhas próprias conclusões!

    Bjinhos, Rê.

    ResponderExcluir
  16. Que resenha legal, Rê, a história parece bem interessante e bem comentada por você, dá vontade de ler!

    Além do filme Titanic (que adoro!), já li outro romance que se passa (pelo menos em parte) no Titanic: é Amor Imenso, de Danielle Steel. É nessa linha de romances 'açucarados', mas bem escrito e muito interessante. Recomendo!

    Grande abraço!

    Cristine

    ResponderExcluir
  17. Cristine,
    obrigada ^_^
    Sério que tem outro livro que se passa no Titanic? Vou atrás desse então!

    Bjinhos, Rê.

    ResponderExcluir
  18. Resenha conferida e aprovada!!

    Um abraço e espero pela sua próxima resenha!

    ResponderExcluir
  19. Nossa eu não sabia que essa autora era brasileira. Se a história for tão boa quanto seus comentários então esse romance entra pra minha listinha de procura...

    Um xero.

    ResponderExcluir
  20. Opa! Parece interessante. Vou ter que guardar o nome pra um dia ler. Obrigada pela resenha!

    ResponderExcluir
  21. Oi, Rê!

    Sua resenha está ótima! Fiquei interessadíssima na história... mas encontrá-lo pelos sebos? Praticamente impossível.

    Quem diria que uma autora brasileira pudesse fazer tanto sucesso nesse meio de romances "importados".... mais um pré-conceito que "cai por terra".

    Bjo!

    ResponderExcluir
  22. Diana,
    Obrigada! Espero pra ver a sua tb!

    Caline,
    Pois é! Amei saber que ela é da nossa terrinha!

    Laura,
    Eu que tenho que agradecer pelo comentário :)

    Srta. Camilla,
    Nada é impossível! Só pra provar, acabei de achar o livro na Estante virtual: http://www.estantevirtual.com.br/Loreley-Mckenzie-Aconteceu-no-Titanic-22967409.html
    Vamos ver quem pega primeiro? rs...

    Bjinhos, Rê.

    ResponderExcluir
  23. Que bom que você gostou do livro! Vou comentar aqui o que já disse em algumas postagens do desafio literário no mês de banca. Estou adorando porque as pessoas estão perdendo o preconceito.

    Até livros que não considero top de linha o pessoal está gostando, amei!

    Loreley McKenzie é brasileira como a minha amiga Nat já comentou. Ela é Laura Elias de Crepúsculo Vermelho entre outros.

    Ela escreveu como Loreley um livrinho muito interessante chamado Nas Sendas do Tempo. É pequeno como esse na mesma formatação e só para instigar a curiosidade já começa com a morte da protagonista...


    bjos

    ResponderExcluir
  24. Oi Rê!
    Boa sorte lá no sorteio!
    Eu adorei seu blog.
    beijão! =)

    ResponderExcluir
  25. boa sorteio no sorteio!! (:

    beijinhos!
    su e milla

    ResponderExcluir
  26. Romances in Pink,
    Fiquei mesmo curisa, vou procurar Nas Sendas do Tempo o quanto antes. hehehe...

    Isa,
    pois então volte sempre!!! Muito obrigada por um sorteio tão legal :)

    Laços de Filó,
    Obrigada :)

    Bjinhos, Rê.

    ResponderExcluir
  27. Ai, eu gostei! Fiquei com vontade de ler.... :)

    ResponderExcluir
  28. Tema batido , história nova..Eba..hehe
    Por mais que livros de banca é sempre uma caça tesouro...vc nunca acha o que quer...é só agraciado pelo que aparece...;-P
    Té mais.
    Beijos

    ResponderExcluir
  29. Fernanda,
    Que bom. Era essa a intenção ;)

    Mariani,
    Uma caça aos tesouros divertidíssima! Adoro ^_^

    Bjinhos, Rê.

    ResponderExcluir
  30. Rê, instigou a minha curiosidade e já anotei o nome do livro!
    Parece ser uma história incrível, muito bem abordada por você.
    Acho que se eu visse este livro antes de você comentar, também faria uma ligação com o filme e, talvez, ignorasse-o.
    Parabéns pela resenha!
    Bjs

    ResponderExcluir
  31. Ótima resenha! Fiquei curiosa pra ler. Aqui estou eu, que nem pensava em ler romances de banca, anotando dicas. Tô adorando expandir meus horizontes com o desafio.

    Bjos

    ResponderExcluir
  32. ahah

    o q reparei a princípio foi sua pequena montagem da capa do livro, colocando na lombada o endereço do seu blog... rs, é, né? já espalhando a própria marca...

    q coisa, esses mocinhos sempre precisam ser musculosos, né? hunf. os moços mais magros nunca têm vez.

    eu quero assistir o novo filme do Cameron! to tao curioso. só tenho raiva do 3D por ter o óculos gigante q dá dor no nariz e nas orelhas...

    essa história de Titanic é msm fantástica, um épico pra durar pra sempre mesmo. por mais q coleguinhas possam dizer o contrário. tanto as cenas românticas como as de tragédia, tudo afundando, são super-impactantes.

    ficou meses em cartaz? puxa, nao sabia.

    q legal q o livro conseguiu envolver essa leitora com tantos personagens. eu fico pensando q é chato o privilégio de um ou outro só ganharem o protagonismo, mas por outro lado eu sei q é difícil numa história fazer com q o leitor se envolva por tanta gente.

    hum... vidente, heim? de novo o tema místico aparecendo, assim como no "O Anel da Vida", que li da mesma autora.

    heim? fogo na casa do pai? q mulher doida a desse gregory.... e voltar no meio da viagem??? como??? de bote? ahah

    e... poxa, sem terceira classe? acho tão mais legal histórias que retratam terceira classe. 1a classe me lembra elitização. de td modo, já se supriu a coisa botando alguém da 3a na 1a, pelo visto, rs.

    mas assim se perde a diversão da 3a classe q me lembro do filme. a galera da 3a classe é mto mais divertida no filme, ao menos.

    q poética sua descrição sobre a miríade de personagens envolvidos: "Vidas que mudam antes mesmo de o navio sair de seu porto na Inglaterra."

    ResponderExcluir
  33. Nade,
    Obrigada :)

    Cíntia,
    adoro que o desafio esteja abrindo horizontes. Quem sabe no próximo não conseguimos temas mais polêmicos ainda?

    Mao,
    Gostou da montagem? ;)
    A mocinha tb é linda, com pele de pêssego e cabelos sedosos (e olha que naquela época mal existiam bons produtos para o cabelo). Eu prefiro acreditar que eles se enxergavam tão perfeitos porque estavam apaixonados ^_^
    Titanic ficou pelo menos 5 meses em cartaz. Não tenho mais certeza...
    Sobre o fogo e como ele voltou? Suspense! Tenho que deixar um pouquinho pra quem for ler o livro!
    Realmente não senti falta da terceira classe. Titanic já cobriu isso, ela provavelmente não faria melhor.
    Obrigada =D

    Bjinhos, Rê.

    ResponderExcluir
  34. Ei Rê,
    Adorei o enredo, que legal não sabia que ela era brasileira.
    Ah eu amo o titanic original mesmo, e o Leo gritando e afundando no mar tudo rssrs
    Pena que o leo ta tão feio hoje em dia ne kkkk
    bjooo

    ResponderExcluir
  35. Que blog lindo o seu!
    Fiquei curiosíssima com esta história, aliás com a autora principalmente.
    Vou acompanhar suas resenhas...

    ResponderExcluir
  36. Mais um pra minha lista extra... apesar de que me senti meio lendo Jack e Rose, em papéis invertidos...ehehehe
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  37. Oi Rê,
    É tão bom quando gostamos de um livro, eu tbm gostei do meu primeiro livro do desafio, e confesso q me enganei, tinha uma ideia que esses livros eram muuito óbvios...
    Sucesso para nós no Desafio Literário, que está apenas começando, e que promete hein!?!
    Bj.

    ResponderExcluir
  38. Nossa! Sua resenha me deu muita vontade de ler esse livro. Assim que puder, vou sair à caça dele nos sebos (não vai ser sacrifício já que eu A-MO sebo, hehehe).
    Amei seu blog... o visual dele é lindinho!
    Bjs, bjs. Espero a próxima resenha! Boas leituras!

    ResponderExcluir
  39. Amei sua resenha Rê.
    Apesar de que nunca vou conseguir deixar de associar Titanic, Jack, Rose, Celine Dion, etc. tal... XD

    Mas foi interessante ver que existem autoras que se baseam dentro de outra. Eu nunca tinha vista neste tipo de livro.

    Tô me suspreendendo muito com as dicas.

    Amei o blog, muito fofo!!

    Bjus.

    ResponderExcluir
  40. Com um nome desses é difícil saber que a autora é brasileira. Eu sou completamente crua em termos de livros de banca, achei legal que tem gente escrevendo sobre o Titanic, gosto muito de história e este naufrágio sempre me interessou! Parsbéns pela resenha!
    estrelinhas coloridas...

    ResponderExcluir
  41. Oi, Rê!

    Tentei enviar um comentário ontem e não consegui, vamos ver hoje vai..rs.

    Foi uma delícia ler sua resenha e seus comentários.
    Sim, sou BRASILEIRÍSSIMA com muita honra e creio que uma das poucas, se não a única brasileira, que publica neste mercado de bancas com regulariadade. E sim, respondendo a um comentário que li acima, quase todos os meus livros possuem um pé no sobrenatural. às vezes pé, mão, etc...rs.

    Escrever qualquer coisa que tenha o Titanic como gancho é um pepino justamente porque o mundo inteiro assitiu ao filme, então fica meio que uma idéia de que vai ser alguma coisa baseada nele ou repetindo a história.

    Claro que a história do Titanic não dá pra mudar, o navio afundou mesmo e foi um horror o tamanho da tragédia, mas dá pra criar muito em cima da lenda que o nome evoca.
    Eu optei por desfocar a trama do casal principal e abrir o leque para histórias paralelas, mostrando os fios que ligavam todos eles. É uma história que começa antes do Titanic e continua depois dele. E o toque d ehumor - uma constante em meus textos - fica por conta de Madame Vésper e das confusões que ela provoca.

    Aproveito a oportunidade para convidar você e a todos deste simpático blog para conhecer o meu, e mais do meu trabalho.
    www.lauraelias.blogspot.com

    Aguardo vocês por lá, com comentários e tudo mais.

    Beijo carinhoso a vc, Rê, e a todos também.

    ResponderExcluir
  42. Nanda,
    ah, não concordo. Ele só está mais com cara de homem que de menino. rsrs...

    Medéia,
    que bom que gostou. Espero te ver sempre por aqui :)

    Cyntia Santos,
    não é uma inversão não. Os dois estão na primeira classe e nenhuma noiva maluca está tentando matar a mocinha. rs...

    Michele,
    promete sim. Que bom =D

    Kelly,
    sebo é tudo de bom, né? Ainda bem que a minha alergia a pó não é muito forte. hehehe...

    Normanda,
    obrigada ^_^
    Espero te ver mais vezes por aqui!

    Mi Müller,
    Adoro estrelinhas coloridas! rs. Obrigada!!!

    Laura Elias,
    que incrível, a autora comentou na minha resenha =D Sabe que pra mim autores são rockstars? hehehe...
    Pois, é. Não sabia que vc era brasileira. Que honra! Adorei muito mesmo os dois livros que li, esse e O Anel Mágico.
    Espero ler (e resenhar) mais muitos livros seus ^_^

    Bjinhos, Rê.

    ResponderExcluir
  43. Essas surpresas com livros são muito boas. Adoro quando acontece comigo rs

    Fiquei curiosa a respeito do livro, mesmo não gostando de livros com muitos personagens, porque sempre estou lendo mais de um e acabo me confundindo/esquecendo. rsrsrs

    Bjos

    ResponderExcluir
  44. Me pareceu bastante interessante.

    Parabéns pela reseha, ficou muito boa.

    ResponderExcluir
  45. Oie!!
    Legal encontrar sobre livros de romances aqui.
    Acabei de cadastrar hoje em meu site ormances da Loreley McKenzie.
    Se quiser dá um pulinho lá vai gostar ( se gosta de romances como percebo que gosta!).

    http://www.adororomances.com.br/

    Se quiser trocar links manda uma mensagem ( tem no site) vai direto para meu email.
    Bjins
    Luciana Zetun

    ResponderExcluir